Como ligar qualquer dispositivo através do seu controle remoto – Acenda LEDs e acione motores

Para você que é adepto do faça você mesmo por meio da eletrônica, tenho uma dica bem legal. Aprenda aqui como acionar dispositivos remotamente com o uso de um controle remoto utilizado em modelismo. Isso é extremamente importante, pois muitas vezes precisamos ligar e desligar alguma coisa remotamente, por exemplo, faróis de LEDs, sirenes e outros. Mas aí vem a questão. Como fazer isso?

Existem muitas formas diferentes para resolver essa questão. Aqui nesse artigo vou indicar uma forma simples de solução, para tornar mais acessível a qualquer pessoa que esteja interessada em fazer. É um simples circuito com relê que pode acionar dispositivos remotamente. Você vai precisa de 2 diodos, 1 servo do tipo 9 gramas e 1 relê.
A ideia é bem simples. O servo de 9 gramas é o ‘cérebro’ da coisa toda. Dentro dele existe um pequeno circuito eletrônico e vamos fazer uso dele para poder facilitar a criação do pequeno projeto. Esse circuito já está preparado para ser ligado ao receptor de rádio controle. Isso é um ponto muito positivo, facilitando assim para que qualquer um possa fazer esse desenvolvimento.

Você pode até usar um servo com defeito, desde que o mesmo não seja na parte eletrônica. Assim, pode haver defeito na parte das engrenagens, pois elas não vão servir para absolutamente nada nesse projeto. Portanto a primeira coisa a fazer é conseguir um servo e desmontar ele. Abra e retire as engrenagens e a pequena placa de circuito impresso. Essa placa possui fios em 2 extremidades. Em uma delas entram os três fios que possuem o conector para ligar ao receptor do rádio controle. Já na outra extremidade a pequena placa está ligada ao motor elétrico. Você deve cortar essa ligação que aciona o motor. Pois no nosso caso não precisamos acionar esse motor, afinal queremos acionar o relê que será ligado em breve.

Mas antes de ligar o relê nós vamos usar também dois diodos. Esses diodos são do tipo retificadores de silício. Dentro disso, podemos utilizar o 1N4007, 1N4001, 1N4148 e vários outros. Esse componente não é crítico no projeto. O diodo é um componente que permite a corrente circular somente em 1 sentido. Assim, ele vai servir no projeto de proteção ao relê.
Para ajudar você eu gravei um vídeo com o passo a passo que você precisa fazer na soldagem para ter sucesso nesse projeto. Depois, aparece aqui ou lá no canal no YouTube e deixa seu comentário.

Como fazer radar para cabine de comando em lancha ou barco RC com servo quebrado

Quando um servo seu quebrar você não vai mais jogar ele fora. Isso! Na verdade você vai até comemorar. hehehehe. Bom, talvez nem tanto. Mas a razão disso seria você usar um servo que já não atende mais na sua função básica para usar com outro propósito. Esse propósito seria fazer com que o motor dele passe a girar livremente sem a eletrônica interna. Com somente 1 única pilha pequena você pode colocar o servo para girar. Além disso só é preciso um pequeno ajuste na engrenagem de forma a permitir o giro completo. Ou seja, dessa forma passamos a usar toda a caixa de redução do servo e seu motor com outra finalidade.

Eu uso muito para movimentar, por exemplo, radar em navios. Com 1 única pilha ele gira numa velocidade muito boa a ponto de ficar bem real. Mas você pode usar para outras finalidades. Pode até movimentar uma pequena roda de um carrinho com ele. Se você quiser mais detalhes além desse vídeo sobre essa adaptação, baixa meu ebook aqui mesmo nesse site. Lá eu mostro em fotos detalhadas como fazer essa adaptação.

 

 

Você já imaginou em medir o consumo de corrente em um receptor 2.4GHz?

A fonte de alimentação possui uma série de limitações que devem ser observadas no uso. Podemos citar o peso, tamanho, tensão e capacidade de fornecimento de corrente. Vamos tratar de um desses aspectos nesse artigo, a capacidade de fornecimento de corrente.
Vamos supor que temos uma bateria com uma capacidade de 1 A/h. Quando formos utilizar a mesma para ligar um circuito há necessidade de verificar se esse parâmetro atende adequadamente.

Com o uso de um multímetro é perfeitamente possível saber quanto de corrente é consumida por um circuito. O importante é o multímetro possuir uma escala grande no tocante a medição de corrente em circuitos de corrente contínua. Sempre que utilizar um multímetro comece pela maior escala que esse instrumento é capaz de acusar.

Assim você evita a queima do mesmo. Uma observação importante aqui é que os multímetros normalmente só possuem escala de medição de corrente contínua. Para se medir o consumo em corrente alternada é necessário usar um alicate amperímetro. Porém no nosso caso, estamos alimentando com uma tensão oriunda de baterias. Dessa forma estamos usando corrente contínua.

Ainda falando de escalas, existe uma grande variedade de multímetros que são capazes de medirem até 10A de consumo de corrente CC. Um valor bastante elevado, o que permite uma série de medidas na bancada. Com essa escala eu consigo medir o consumo de equipamentos muito maiores como por exemplo, grandes motores CC.

Mas nesse exemplo aqui eu gostaria de medir algo menor e talvez essa escala não forneça toda a precisão que podemos atingir nessa medida usando uma outra escala de medição de corrente CC. A minha intenção no vídeo abaixo foi medir o consumo de corrente do receptor com um servo ligado ao mesmo.

Usei um servo digital com bom torque. Essa medida ajuda muito na hora de projetar qual a alimentação que será fornecida ao circuito receptor. Assim, você pode gastar menos dinheiro e ainda deixar o modelo mais compacto e leve fornecendo a ele uma bateria sob medida. Vamos ver na prática o resultado.

Como funciona a fita de LED – Qual a tensão da fita de LED – Uso em drones

Os LEDs estão por aí. Em várias aplicações nos deparamos com esse componente. Hoje em dia existem as chamadas fitas de LEDs e dessa forma nesse equipamento temos presente uma série de pequenos LEDs do tipo SMD. SMD significa componentes de montagem em superfície. São componentes bem menores do que o mesmo componente sem ser SMD. Nessa fita estão presentes não somente os LEDs, mas também resistores para limitar a corrente do LED e assim ser capaz de fazer com que sejam possíveis ligações em série de vários LEDs.

Você pode comprar fita de LED em diferentes cores e potências. Existem fitas na cor branca, azul, vermelho, amarelo e várias outras. A fita possui uma parte adesiva atrás. Basta remover essa fita e colar ela onde quiser.

Também é possível cortar a fita para ter tamanhos menores de acordo com o seu uso. O importante na hora do corte é reparar bem onde o mesmo será feito. Não é possível cortar a fita em qualquer lugar e sim em pontos específicos. Isso ocorre em função das ligações série/paralelo que existem na fita e você só pode cortar onde estão presentes somente as ligações em paralelo. De outra forma um trecho da sua fita não vai acender.

 

 

Motor de toca discos no modelismo? Super forte!

Olhem só. Um motor do tipo escovado e bem forte. Ah, mas não é só isso. Ele não tem caixa de redução. Eu fico até me perguntando na tamanha força que esse bichinho teria se instalada uma boa caixa de redução nele. Estou falando de um motor utilizado em toca discos. O motor gira muito bem e é bem difícil conseguir parar ele nos dedos.

A sua velocidade não é muito grande. Esse é um ponto importante a ser salientado no seu uso. A tensão de alimentação pode variar de modelo para modelo. Então procure sempre através da etiqueta presente neles identificar os parâmetros corretos do motor que possui para evitar a queima do mesmo.